14 fevereiro 2017

Um dia pelo Norte de SC


Após um ano de grandes desafios (2014), quase no final do ano resolvi fazer um passeio de moto pelas cidades no norte do nosso estado de SC.

Obs. Infelizmente faz muito tempo que não atualizo este blog. Neste momento da vida, estarei tentando relembrar os passeios feitos e postar algo que possa ser interessante compartilhar.

Taphyoka - Timbó-SC

Segue o trajeto realizado:




Após o trajeto de São José até Timbó, chegamos na cidade. A foto abaixo é a praça central.  Na cidade, o principal objetivo era conhecer o ponto turistico da cidade...   Taphyoka.   Um local muito agradável e com muita aguá do rio que corta a cidade.

Praça de Timbó - SC

Após algumas voltas, cheguei ao local de destino. Como os dias anteriores foram de muita chuva, a água do rio estava bem suja.  Mas existem fotos na internet desta aguá bem limpa em dias normais.



















Depois de passar um bom tempo desfrutando deste lugar, segui minha viagem.  Queria passar por um caminho diferente daquele que sempre realizo quando vou visitar minha cidade natal (Jaraguá do Sul).  Procurei no mapa a opção de passar por Pomerode Fundos.  
No caminho passei pelo Jardim Botânico de Timbó, mas sem descer da moto. Apenas algumas fotos...


O caminho é bonito com bom asfalto...







Em Pomerode, uma parada na casa do Imigrante.  Segue mais detalhes...





O museu Casa do Imigrante é parte do patrimônio deixado pelo imigrante pomerano Carl Weege, que se fixou em Pomerode na região onde hoje se localiza Pomerode Fundos.

Reconstruído com autêntica construção enxaimel e decoração típica da colonização alemã, o local conta com a exposição de móveis antigos, roda d’água, rancho com moenda de cana-de-açúcar, prédio da atafona (moinho de fubá de milho) e a Praça Lauro Guenther.

Casa do Imigrante Carl WeegeAberta de 3ª à Domingo e Feriados: 09h às 12h - 13h às 17h
Rua Leopoldo Blaese, 11 - Pomerode Fundos
Fone: 3387.2613
Capacidade: 40 pessoas

Fonte: http://www.pomerode.sc.gov.br/AtrativosTuristicos4.asp


Depois de Pomerode, uma parada na casa da avó para almoço. E logo depois segui para Itapoá, conhecer o porto da cidade.






Uma estrutura muito interessante para a pequena cidade de praias.  A cidade esta crescendo de maneira assustadora e promete ser um local de referencia para o norte de SC /  praia.






Em fim, segui para casa pela BR-101.  Cheguei perto das 21hs em casa, com mais de 600km rodados conforme mostra a foto abaixo.  Mas com a sensação de leveza e a mente limpa.



Outro dia?  Tem que lavar a moto....