16 agosto 2014

Pinheira e Guarda do Embaú

Depois de uma semana de férias e de não parar nenhum dia (grama, limpeza, carro, etc, etc), separei meio período para dar uma volta de moto. Para onde ir em tão pouco tempo? Sempre tive a curiosidade de saber como está o crescimento da praia da Pinheira e assim fui. Depois do almoço, peguei a moto limpinha e com pouco mais de 600km para desfrutar da potência e da natureza. Saí de casa por volta das 13:30hs e logo parei na Praia de Fora, local que frequentei por algum tempo quando os amigos dos meus pais tinham casa na praia. A região mudou bastante, seguem algumas fotos para mostrar o dia bonito, apesar de muito vento.




Voltei à BR-101 e segui em direção ao Sul. Passando pela entrada da Praia do Papagaio, continuei na BR-101 até a próxima entrada em direção à Pinheira.

Depois de um trecho com pedras de paralelepípedo (faz tempo que não ando neste tipo de estrada), cheguei ao ponto de entrada para a praia da Guarda do Embaú.  Mais um pouco e já estava no local onde é feito o embarque nas canoas para a Praia da Guarda. No local havia muito vento, mas o sol e a paisagem estavam perfeitos.



Retornei para a entrada da praia e fui em direção à Praia da Pinheira.  Visitei a Praia Central ....





... e em seguida a Praia de Cima.




Depois disto, fui costeando por onde era possível e pela rodovia em alguns trechos da Praia da Pinheira em direção ao norte. 

No mapa abaixo, assinalei em pontos vermelho os locais por onde passei. Por último cheguei à Praia da Ponta do Papagaio (na parte superior do mapa).


Seguem algumas fotos...






Da Praia do Papagaio, visualizei a ilha de Florianópolis e o forte que fazia a proteção do canal de entrada.



As 17hs estava em casa novamente, foram 124 km de puro divertimento. O tempo estava bonito e com muito sol, apesar do frio e do vento.

Para andar de moto, precisamos de um destino e curtir o caminho. O resto é um detalhe!

Obrigado por apreciar!

Um comentário:

  1. Pessoal estamos com novo site e ótimas ofertas para todos os tipos de gostos. Visite Motocicletas.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!
Jean e Dayana Raduenz